Salvador: Leão diz que o PDT poderá ter excelente candidato em 2012.

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

Em entrevista  a tribuna da Bahia, desta segunda-feira,  o deputado João Leão(PP) afirmou que o PT não pode querer tudo. Atual chefe da casa civil da  prefeitura de Salvador não está nada  satisfeito com a posição do  partido dos trabalhadores de impor automaticamente uma candidatura única, da  base aliada, em 2012.  Leão argumenta que  os outros partidos tem o direito de lançar candidato na Capital e cita como exemplo o PDT que tem um excelente candidato. Marcos Medrado é pré candidato pelo PDT


LEÃO DIZ NÃO ACEITAR QUE PT QUEIRA TUDO

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011
O deputado federal João Leão (PP), futuro chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador, deu o tom da disputa pela Prefeitura de Salvador em 2012, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia. Mesmo destacando que seu partido ainda não pensa na sucessão, destacou que não se submeterá, automaticamente, à uma candidatura do PT. “Somos da base do governador Jaques Wagner e lá na frente nós vamos discutir quem será o candidato a prefeito. Agora, uma coisa eu não posso aceitar: é que o PT queira tudo para ele, exclusivamente para ele. Só o PT que pode ter candidato a prefeito? Nós podemos ter um excelente candidato a prefeito do PDT. Nós podemos ter candidato de qualquer partido da base, então, nós vamos zerar o jogo e vamos ver”, disparou. Se intitulando como o articulador político do prefeito João Henrique, Leão disse que, assim como o PP apóia Wagner na AL, cobrará a reciprocidade dos petistas na Câmara Municipal. “Por que os vereadores do PT não vão nos apoiar? Vão nos apoiar. Nós vamos sentar, conversar, porque eu acho que eles querem o melhor para a cidade”.

Fonte: Bahia Noticias

 


SAC Móvel visita interior e capital baiana no mês de março

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

As unidades móveis do Serviço de Atendimento ao Cidadão, o SAC Móvel, já têm roteiro definido para o mês de março. As carretas percorrerão 13 municípios do interior baiano e três bairros em Salvador – Roma, Ondina e Valéria.

Neste sábado e domingo (26 e 27), a Rota 1 da unidade itinerante estará no bairro de Plataforma, no Subúrbio, equipada para realizar a emissão da carteira de identidade, CPF e certidão de nascimento (para crianças de até 11 anos), recadastramento de pensionistas do Estado, retirada de antecedentes criminais e atendimento da Ouvidoria Geral do Estado. O SAC Móvel funciona das 8 às 18h.

Na segunda e terça-feira (28 de fevereiro e 1° de março) atenderá à comunidade do Largo de Roma. Quarta e quinta (2 e 3), os moradores do bairro de Valéria. A Rota 2 prestará serviços à população do bairro de Ondina, na segunda e terça-feira.

No interior, o atendimento do SAC Móvel terá início no dia 10 de março. A Rota 1 contempla os municípios de Encruzilhada (10 e 11), Maiquinique (13 e 14), Canavieiras (16 a 18), Belmonte (20 a 22), Macarani (24 a 26) e Itarantim (28 a 30). A Rota 2 segue destino para as cidades de Dias D’Ávila (10 e 11), Madre de Deus (13 e 14), São Sebastião do Passé (16 a 18), Amélia Rodrigues (20 a 22), Conceição do Jacuípe (24 a 26), Coração de Maria (28 e 29) e Araçás (31 de março e 1° de abril). As duas rotas juntas irão beneficiar mais de 290 mil habitantes das 13 cidades e regiões vizinhas.

Mais informações sobre as rotas do SAC Móvel e os postos da rede SAC estão no site ou podem ser obtidas pelo telefone 0800 071 5353. A ligação é gratuita.

Atendimento no Carnaval

A unidade itinerante do SAC também estará presente no Carnaval, no período de 3 a 8 de março, com a carreta instalada no canteiro central da Avenida Adhemar de Barros, em Ondina. Serão ofertados diversos serviços aos foliões como o registro de perda ou furto de documentos e cheques, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador, e a distribuição de pulseiras de identificação para crianças e adolescentes.

O atendimento também beneficia quem está no circuito da folia. Entre as 16 e 4h, os foliões poderão procurar por documentos perdidos, se informar sobre o atendimento de delegacias, postos de saúde e juizados de menores, agendar emissão da 2ª via de documentos nos postos SAC, solicitar certidão de antecedentes criminais e acesso à Ouvidoria Geral do Estado. Os serviços do SAC Móvel no Carnaval ainda incluem informações das atrações dos circuitos, blocos e camarotes.

Fonte: site Agecom Bahia

 


Motorista atropela mais de dez pessoas durante passeio ciclístico em Porto Alegre

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

Carro que atropelou os ciclistas: motorista vai se apresentar

Um criminoso atropelo feriu dezenas de pessoas que participavam de um Passeio Ciclístico no inicio da noite da última sexta-feira (25) em Porto Alegre (RS).

O motorista criminoso deve se apresentar na tarde desta segunda-feira (28) à Polícia Civil. A informação é do advogado de defesa do funcionário público ouvido pelo jornal Zero Hora.

A apresentação ocorrerá às 15h no plantão da Delegacia de Crimes de Trânsito. O proprietário do Golf preto que acelerou sobre cerca de doze ciclistas já foi identificado e era ele mesmo quem dirigia o veículo no momento do incidente.

De acordo com informações da Agência Estado, o responsável pela Divisão de Crimes de Trânsito da Polícia Civil, na capital gaúcha, delegado Gilberto Almeida Montenegro, houve excessos das duas partes envolvidas, ou seja, dos ciclistas e do motorista.

“O grupo deveria ter comunicado a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) e a Brigada Militar (BM, a Polícia Militar gaúcha) sobre o passeio. Um para coordenar o trânsito e permitir o amplo direito de ir e vir, o outro para segurança”, disse o delegado.

Detalhes

No início da noite da sexta-feira, cerca de doze ciclistas foram atropelados quando faziam um passeio na região central de Porto Alegre. Três ciclistas foram encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro, mas já foram liberados.

Depois do atropelamento, o motorista fugiu do local. O carro foi encontrado na madrugada de sábado, abandonado em um bairro da zona leste.

Veja o momento do atropelamento

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1§ion=Geral&newsID=a3222985.htm

fonte: interiordabahia.com.Br

 


Bahia goleia o Flu no Jóia e mantém embalo; Vitória pára fogo do Bahia FS

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

Fluminense não resistiu ao Bahia de Rafael e levou 4 a 0

Uma goleada maiúscula confirma a boa fase iniciada pelo Bahia depois do segundo Ba-Vi do ano. Na tarde desse domingo (27), o tricolor meteu 4 a 0 no Fluminense, no Joia da Princesa, com gols de Marcos, Jones, Rafael e Hélder.

Agora com 13 pontos, o Bahia continua como o quinto colocado no grupo 1. O Fluminense permanece com 11 pontos e é o quarto do grupo 2.

O fato de jogar fora de casa em nada colocou o Bahia recuado no início da partida. Conseguindo dosar bem a defesa e o ataque, o tricolor se deu melhor na primeira etapa e abriu a vantagem no placar.

Logo aos dois minutos, Marcos cobrou falta na intermediária e acertou em cheio, sem chances para Beto. Na persistência de Jones, aos 40, veio o segundo gol do Bahia. Depois do desvio quase milagroso do zagueiro do Fluminense, tirando do gol, o atacante aproveitou o rebote e mandou para a rede no chute cruzado.

Mal começou a segunda etapa e os visitantes deixaram o indício de que o Touro não teria como reagir. Logo aos 8, Rafael se antecipou na cobrança de escanteio de Tressor Moreno e mandou para o gol, fazendo o terceiro do Bahia.

Aos 37 minutos, Hélder estufou a rede do Fluminense em um belo gol da intermediária. Daí em diante, goleando, restou ao Bahia gastar o tempo na troca de passes.

Jogando mal, Vitória vence o Bahia de Feira, mas sai de campo vaiado

Apesar do desempenho tímido dentro de campo, o rubro negro conseguiu conquistar os três pontos contra o Bahia de Feira no Estádio do Barradão na tarde deste domingo (27).

Mesmo apático, o Vitória acabou com a invencibilidade  do Bahia de Feira vencendo por 2 a 0, mas saiu de campo sob vaias dos poucos torcedores que foram ao estádio. Geovanni marcou os dois gols, ambos de pênalti. Viáfara ainda perdeu um.

Com o resultado, o Vitória dispara na liderança do grupo 1, agora com 17 pontos, e abre quatro pontos em relação ao segundo colocado, o Feirense. Já o Bahia de Feira permanece na liderança do grupo 1, com 14 pontos, mas registra sua primeira derrota após nove rodadas.

Resultados da rodada

Fluminense 0 x 4 Bahia

Vitória 2 x 0 Bahia de Feira

Feirense 3 x 1 Atlético de Alagoinhas

Camaçari 1 x 2 Vitória da Conquista

Ipitanga 1 x 3 Colo Colo

Serrano 2 x 1 Juazeiro

Fonte: interiordabahia.com.Br

 


Bancada negra quase dobra no Congresso

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

A representação negra cresceu no novo Congresso. O número de deputados que se autodeclaram negros saltou de 25 (5%), no começo de 2007, para 43 (8,5%) na atual legislatura. De maneira mais tímida, também aumentou a relação de deputados estaduais e distritais que se apresentam como afrodescendentes: passou de 30 para 39.

Os dados fazem parte de levantamento feito pela União de Negros pela Igualdade (Unegro) em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). O estudo se baseia em informações oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nas declarações dos próprios parlamentares para traçar um mapa da participação negra na política brasileira.

Apesar do crescimento, a presença dos negros no Legislativo ainda reflete um país marcado pela exclusão racial. Essa é a avaliação de lideranças do movimento negro sobre os resultados da pesquisa. “Esse fato revela o grande escândalo nacional da exclusão racial. Não consigo compreender como uma população com mais da metade de negros é tão mal representada no Congresso. Ora, para a nação ser justa, deveríamos ter também 51% de afrobrasileiros no Parlamento”, afirma o diretor nacional da organização não-governamental Educafro, Frei David.

O coordenador de comunicação da Unegro, Alexandre Braga, diz que a pesquisa mostra como os negros ainda estão fora do processo decisório da política brasileiro. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 51,1% dos brasileiros se declaram pretos ou pardos.

“É uma grande discrepância. Em termos de representação parlamentar, há uma disparidade muito grande. Em outros setores – como educação, saúde e violência – você constata que a população negra sempre está na escala mais baixa. A pesquisa mostra que estamos sub-representados também no poder político”, avalia Alexandre, que coordenou o estudo, batizado de “Balanço eleitoral do voto étnico negro e presença dos negros no parlamento”.

Sub-representação em números

Mais da metade dos 43 deputados que se autodeclaram negros está concentrada em apenas três partidos: 14 no PT, seis no PMDB e outros seis no PRB. Os demais estão distribuídos por nove legendas: PCdoB (4), DEM (3), PDT (3), Psol (2), PR (1), PSC (1), PSB (1), PTB (1) e PSDB (1).

Menos da metade das 27 unidades federativas tem representantes negros na Câmara. Estado com a maior população negra, a Bahia aparece ao lado do Maranhão e do Rio de Janeiro como a bancada com maior número de integrantes afrodescendentes. Cada um desses estados elegeu sete representantes negros. Minas Gerais vem em seguida com cinco nomes. Ceará e São Paulo, com três, Amapá, Acre, Roraima e Pará, com dois, e Espírito Santo, Tocantins e Pernambuco, com um cada, completam a relação.

Bahia, Rio de Janeiro e Minas Gerais são também os estados brasileiros que mais elegeram deputados estaduais negros, segundo o estudo da Unegro. A pesquisa mostra que em sete assembléias legislativas (Amazonas, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina) não há nenhum parlamentar que se autodeclara negro. O estudo também mostra que há apenas 52 vereadores que consideram afrodescendentes nas capitais brasileiras. A Câmara Municipal de Salvador, com 16 negros, é a que tem mais parlamentares de origem negra.

Peso da bancada

O balanço eleitoral revela um “voto étnico negro” ainda tímido, mas com potencial de crescimento no âmbito parlamentar. “Esse trabalho não teve o objetivo de identificar se o parlamentar era branco ou negro. Mas queria identificar o peso da bancada negra no Parlamento”, diz Alexandre Braga, da Unegro.

O “peso da bancada negra” ao qual Alexandre se refere pode ser entendido como o potencial da causa da igualdade racial em arregimentar congressistas em sua defesa, o que pode ser medido pelo tamanho da Frente Parlamentar Negra no Congresso Nacional, que reunia até o início deste ano 220 deputados e quatro senadores. Em outras palavras, quanto mais congressistas identificados com a bandeira do colegiado e incluídos na frente parlamentar, mais poder de fogo a causa racial teria no Parlamento.

Criada em maio de 2007, a frente é composta por parlamentares de diversas origens étnicas, que reforçam o time dos 43 deputados e dois senadores na luta contra a desigualdade racial. Na avaliação de Alexandre Braga, o fato de haver muitos mestiços no Congresso acaba favorecendo a atuação da frente parlamentar.

“De certa forma, a bancada não tem o objetivo de demarcação entre mestiços e não mestiços. Na verdade, o nome correto da Frente é Frente Parlamentar Mista de Igualdade Racial. Obviamente, entra todo mundo – negro, indígena, mestiço, branco. Quanto mais adesão, melhor. Queremos ser tão respeitados como a bancada ruralista, a da criança e do adolescente, a da mulher”, afirma.

Hora da virada

Fundador da Educafro, Frei David também acredita que o leque de composição da Frente Parlamentar da Igualdade Racial transpõe restrições genéticas. “Na verdade, a frente tem uma lógica diferente. Pode entrar qualquer deputado ou senador que acredita e sempre lutará em prol da causa”, completa Frei David.

“O fato de estar na frente não significa que o parlamentar tem um pé na África”, resume Frei David, elogiando a Unegro ao se dizer “feliz em saber que as entidades vêm trabalhando com técnica e estratégica para a vitória do povo negro acontecer”. Vitória que, para ele, depende da consciência e do engajamento da própria população negra. “O problema está em todos os setores da sociedade, mas principalmente na própria falta de consciência de parte da comunidade negra. A virada se dará somente quando o negro gostar de ser negro e se assumir como tal. Vou confessar que só aos 23 anos me assumi como negro”, admite Frei David.

Autodeclaração

Para que um parlamentar fosse considerado negro e incluído nas estatísticas do levantamento, foi utilizado o critério da autodeclaração, quando o próprio congressista se afirma como tal junto às assessorias das respectivas instituições públicas. O deputado federal baiano Marcos Medrado (PDT) é um que  se autodenomina negro.

“Seguimos o critério do IBGE para qualquer tipo de pesquisa, levantamento ou análise, que é o da autodeclaração”, explica o coordenador de comunicação da Unegro, Alexandre Braga. “Depois, entramos em contato com todas as assessorias das assembleias para confirmar se o deputado realmente se afirmava como negro”, acrescenta.

De acordo com o coordenador, o estudo pode ser aperfeiçoado com a ajuda dos próprios parlamentares. “Aquele parlamentar que tomou conhecimento do estudo e não viu seu nome incluído na lista pode acabar procurando a Unegro e se dizer negro.”

O primeiro parlamentar federal negro eleito foi Eduardo Gonçalves Ribeiro, que exerceu mandato de 1897 até sua morte, em 1900. Filho de escrava, ele havia sido o primeiro afrodescendente a assumir um governo de província, a do Amazonas, entre 1892 e 1896.

Fonte: Com informações do Congresso em Foco


Fortes chuvas, trovões e relâmpagos causam tragédia no município de Uauá

segunda-feira, 28 fevereiro, 2011

Rio Vaza-Barris transbordou, causando uma grande tragédia

As fortes chuvas que caíram na tarde da última sexta-feira (25) em Uauá, fizeram com que as ruas alagassem e os rios transbordassem rapidamente no município.

O dilúvio chegou acompanhado de uma forte ventania, raios e trovões, deixando a cidade sem energia durante cerca de cinco horas.

O rio Vaza-Barris transbordou ligeiramente, causando uma grande tragédia no município. A fatalidade aconteceu no momento que o Sr. Erocides Cardoso Vieira, mais conhecido como “Erocides do Mercado”, tentava atravessar o rio.

Ele estava acompanhado de mais três pessoas e foi surpreendido pela força das águas que arrastaram a sua caminhonete a uma distância de 200 metros, provocando a morte do mais tradicional comerciante de Uauá.

A cidade está de luto, pois o falecido era bastante conhecido e querido por todos. Com informações de Jorge da Trindade Na Tela Eventos. (Foto do Blog Umbuzada).

Fonte: interiordabahia.com.Br