Catu: Prefeitura abre 331 vagas para todos os níveis escolares

quinta-feira, 17 novembro, 2016
Por

download

downloadA Prefeitura de Catu, na Bahia, divulgou o edital nº 01/2016 de concurso público de provas e títulos para o provimento de cargos de todos os níveis de escolaridade do quadro efetivo da Prefeitura, além das que surgirem durante o prazo de validade do certame. Os salários base variam de R$ 880,00 a R$ 5.109,63.

São disponibilizadas 331 vagas, distribuídas aos seguintes cargos:

Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços Gerais (35); Cozinheiro Geral (15); Porteiro (10); Carpinteiro (03); Pedreiro (03); Encanador (03); Eletricista (01); Auxiliar de Creche (10); Auxiliar de Disciplina (08); Motorista Categoria B (02); Motorista Categoria D ou E (11); Operador de Máquinas (02); e Guarda Municipal (20).

Nível Médio e Médio/Técnico: Fiscal de Vigilância Sanitária (03); Assistente Administrativo (32); Fiscal de Tributos (02); Agente de Trânsito (05); Professor Séries Iniciais e Fundamental I (61); Intérprete de Libas (06); e Técnico Agrícola (01).

Nível Superior: Assistente Social (05); Farmacêutico (02); Fisioterapeuta (01); Fonoaudiólogo (01); Médico Angiologista (01); Médico Cardiologista (01); Médico Dermatologista (01); Médico Diarista (01); Médico Endocrinologista (01); Médico Gastro (01); Médico Ginecologista (02); Médico Mastologista (01); Médico Oftalmologista (01); Médico Ortopedista (02); Médico Otorrino (01); Médico Pediatra (02); Médico Psiquiatra (01); Médico USG Especialista (01); Nutricionista (02); Psicólogo (04); Professor Licenciatura Plena em Ciências (08); Professor Licenciatura Plena Dança (02); Professor Licenciatura Plena Educação Artística (05); Professor Licenciatura Plena Educação Física (07); Professor Licenciatura Plena Geografia (05); Professor Licenciatura Plena História (03); Professor Licenciatura Plena Língua Inglesa (04); Professor Licenciatura Plena Língua Portuguesa (10); Professor Licenciatura Plena Matemática (13); Professor Licenciatura Plena Música (04); Professor Licenciatura Plena Teatro (02); Especialista em Educação- Pedagogo (02); e Bibliotecário (01).

A seleção compreenderá em prova objetiva para todos os cargos e prova de títulos a cargos de nível superior. Todo o acompanhamento dessas etapas deverá ser feito pelos inscritos no quadro de avisos da prefeitura, no Diário Oficial e no site do SEPROD.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados da data de publicação de sua homologação, podendo, antes de esgotado o prazo, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração.

O concurso será realizado sob responsabilidade da SEPROD e as inscrições estarão abertas até o dia 30 de novembro de 2016, exclusivamente via internet, por meio do site: http://www.seprod.com.br. Os valores cobrados para taxa de inscrição de cargo de nível de escolaridade fundamental, nível médio/técnico e nível superior, são, respectivamente, R$ 50,00, R$ 60,00 e R$ 100,00.

Fonte:Concursos no Brasil, do portal N1Bahia/ http://www.interiordabahia.com.br


OAB-BA apresenta ao governo proposta para determinar piso salarial para advogados

quinta-feira, 17 novembro, 2016
por Julia Vigné / Guilherme Ferreira
OAB-BA apresenta ao governo proposta para determinar piso salarial para advogados

Foto: Divulgação
A OAB da Bahia entregou nesta quinta-feira (17) à governadoria uma proposta para que o governador Rui Costa analise a possibilidade de encaminhar um projeto de lei à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) estipulando um piso salarial para os advogados. O presidente da OAB-BA, Luiz Viana, teria uma reunião com Rui nesta tarde, mas o governador não pôde comparecer. Segundo Viana, a nova legislação visa proteger advogados que são mal remunerados no estado. “Segundo o estatuto da OAB, isso [determinar piso salarial] só pode ser feito por sentença normativa de trabalho ou por lei estadual. Eu tenho muita esperança que o governador assuma essa bandeira da advocacia baiana”, explicou Viana depois de encontro com a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Maria do Socorro Barreto Santiago. A proposta de fixação de piso salarial para a categoria foi entregue à OAB-BA pelo Conselho Consultivo dos Jovens Advogados da Bahia (CCJA) nesta terça-feira (15). No documento, o CCJA levou em conta o valor de referência do piso estabelecido pelo Conselho Pleno da OAB-BA no ano passado, correspondente a R$ 3,5 mil.
Bahia Noticias