Em manifesto, ministros do G7 destacam luta contra crimes cibernéticos

sábado, 13 maio, 2017

Texto de 19 pontos ainda inclui a taxação da economia digital

O texto final inclui 19 pontos, que inclui o anúncio do estudo das taxas para empresas digitais e a luta contra os crimes digitais.

O documento ainda pede que “organizações internacionais e de governo” trabalhem juntas para dividir informações de segurança cibernética para “desenvolver novos elementos”.

>> Ataque não afetou administração federal

>> Ciberataque ‘sem precedentes’, diz polícia europeia

Ministros de Finanças se reuniram na Itália
Ministros de Finanças se reuniram na Itália

“É um documento que sintetiza um esforço de trabalho importante realizado neste meses”, disse o ministro italiano da Economia, Pier Carlo Padoan, ressaltando que o texto inclui um “um primeiro ponto de referência firme sobre as políticas do percurso”.

De acordo com o ministro italiano, o “manifesto” define as bases para “enquadrar e colocar em um sistema todos os instrumentos de políticas para que haja crescimento, envolva todos e não deixe ninguém para trás”.

Padoan ainda lembrou que o sucesso do G7 de Finanças italiano pode ser comprovado por conta de um “comunicado comum, o que não ocorria há muitos anos”.

Com informações da Ansa