Secretaria da Educação promove encontro nordestino sobre planos de carreira e remuneração dos professores

terça-feira, 28 novembro, 2017

 

Fotos: Claudionor Jr. – Ascom/Educação
 Educadores e técnicos da Educação de todo o Nordeste participaram, nesta terça-feira (28), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, do primeiro dia de debate sobre a Rede de Assistência Formativa para Elaboração e Gestão de Planos de Carreira e Remuneração dos Professores. O encontro, que é realizado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia em parceria com o Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), busca avaliar o trabalho realizado nos municípios adidos à rede e discutir novos métodos para garantir a execução dos planos de carreira desenvolvidos pelas secretarias municipais.
 
O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, falou sobre ações de valorização dos educadores. “É importante valorizar a remuneração dos professores, mas também é fundamental pensar na satisfação dos profissionais no exercício de suas funções. É legítimo os educadores exigirem um bom retorno financeiro e estamos sempre atentos a isso, mas também é fundamental que ofereçamos formações continuadas e especializações que sejam do interesse específico deles e não formações genéricas impostas pelas instituições, além de incluirmos a possibilidade de novos cursos para a formação de professores na Educação Profissional e na Educação Inclusiva, áreas que têm uma grande demanda na rede estadual”, disse.
O secretário ainda destacou algumas ações desenvolvidas pelo governo estadual neste sentido. “Conseguimos ampliar a carga horária do coordenador pedagógico de 20h para 40h, e com a realização do concurso vamos disponibilizar esse profissional em cada unidade da rede estadual. Com o trabalho que conseguirmos realizar com os cortes de custos na gestão, a ideia é reinvestir na Educação sempre levando em conta que a prioridade é seguir a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). E essa ação tem entre seus principais objetivos a valorização do professor”, destacou.
Segundo o diretor de Valorização dos Profissionais da Educação (Divape/MEC), Filipe Girard, o encontro é uma “ação que o Ministério da Educação realiza com os 27 Estados da federação para que os municípios possam se conhecer melhor e tenham acesso a ferramentas de gestão e elaboração ou readequação dos planos de carreira à legislação nacional”. Girard completa dizendo que nestes dois dias “vamos receber o retorno das impressões das atividades realizadas no decorrer de 2017, fazendo uma espécie de balanço, e vamos apresentar algumas atualizações das ferramentas que os técnicos usam nas formações”.
Na Bahia, a Secretaria da Educação realiza a assistência a 389 municípios. “Estamos atuando em todo território, auxiliando a elaborar o plano de carreira das prefeituras, realizando formação com as comissões municipais, que são responsáveis pelos planos, além de monitoramentos, através de visitas técnicas, visando dar assistência ao processo”, explicou a coordenadora de Projetos Especiais (COPE), da Secretaria da Educação do Estado, Elenir Alves.
O evento, que segue até esta quarta-feira (29), também contou com a presença da vice-presidente da Undime Bahia, Perpétua Sampaio.

TRF poderá julgar Lula no 1º semestre, antes do período eleitoral

terça-feira, 28 novembro, 2017

Velocidade da tramitação das ações no tribunal acelerou nos últimos meses

Com isso, a média de tempo que os processos correm caiu de 14 meses e meio (de janeiro a outubro) para sete meses (novembro). Se a média de novembro se mantiver com Lula, mesmo com o recesso do Judiciário em dezembro e janeiro, o ex-presidente pode ser julgado no primeiro semestre, antes do período eleitoral. Se condenado em segunda instância, Lula pode ser impedido de concorrer em 2018.

TRF poderá julgar Lula no 1º semestre, antes do período eleitoral
TRF poderá julgar Lula no 1º semestre, antes do período eleitoral

O TRF é responsável por revisar as ações julgadas pelo juiz federal Sergio Moro, em Curitiba. Todas as ações penais da Lava Jato vão para a oitava turma, composta por três juízes.

Em novembro, a turma condenou Eduardo Cunha (tramitação de cinco meses e meio), o marqueteiro João Santana e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto (de seis meses e meio) e o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro (de nove meses), entre outros.

O presidente da turma e revisor das ações da Lava Jato, Leandro Paulsen afirmou que o fato de os processos serem desdobramentos de uma mesma operação contribuiu para a maior celeridade.

 


Félix nega conversas do PDT com Lídice e diz que ida de Nilo para PSB sepulta aliança

terça-feira, 28 novembro, 2017

por Bruno Luiz

Félix nega conversas do PDT com Lídice e diz que ida de Nilo para PSB sepulta aliança

Deputado Félix Mendonça Jr., presidente do PDT-BA | Foto: Luana Ribeiro/ BN

Apesar da aproximação em plano nacional entre os partidos, o presidente do PDT na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Jr., negou que haja conversas entre a sigla e o PSB da senadora Lídice da Mata para firmar uma coligação que pode dar apoio à candidatura de Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República no estado. As especulações sobre uma possível saída dos dois partidos da base aliada ao governador Rui Costa tem crescido por causa dos últimos acontecimentos. Por um lado, Lídice tem visto sua candidatura à reeleição para o Senado ameaçada, já que a outra vaga restante para senador na chapa de Rui Costa deve ficar com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD). Com essa possibilidade iminente, ela tem confessado a pessoas próximas que fará voo solo, caso seja preterida no grupo do governador. Já do lado pedetista, começa-se a se falar da necessidade de um palco político para Ciro na Bahia. Como o PT baiano vai apoiar a eventual candidatura do ex-presidente Lula à Presidência, o PDT precisaria sair da base aliada para dar musculatura à participação do ex-governador do Ceará no pleito. Com isso, as legendas poderiam se coligar. Lídice não seria candidata ao Senado por apenas uma legenda, fortalecendo sua atuação na corrida eleitoral, além de também impulsionar candidatos a deputado federal. Já Ciro ganharia o apoio de um partido com certa musculatura no estado. De acordo com Félix, no entanto, a esperança do PDT é que o PT e outros partidos apoiem Ciro, o que não cria essa fratura na base. “A minha esperança que é o PT e outros partidos venham apoiar candidatura do Ciro, e não que a gente tenha que sair da base. A candidatura do ex-presidente Lula é uma grande interrogação, até pro próprio PT. Não seria nada demais. Não vejo por que sair da base para isso”, declarou, em entrevista ao Bahia Notícias na segunda-feira (27). Ainda de acordo com ele, a tendência é mesmo se manter na base do petista. “Essa situação [a vaga na chapa majoritária] não foi discutida. No momento certo, o PDT vai conversar. Ainda é muito cedo. Mas acho que, atualmente, as chances de o partido sair da base são pequenas”, avaliou. Outro fator que pode sepultar de vez as chances de uma aliança entre as siglas atende pelo nome de Marcelo Nilo (PSL). O deputado estadual tem negociado seu ingresso no PSB (veja aqui). No entanto, ele é desafeto público de Félix, o que inviabilizaria qualquer tratativa. “A eventual ida de Marcelo Nilo para o PSB sela o afastamento dos dois partidos. Fica muito difícil qualquer conversa”, decretou o presidente do PDT baiano, ao ser questionado sobre o assunto.

Bahia Noticias


Irmã Dulce é homenageada por estudantes de Simões Filho

terça-feira, 28 novembro, 2017

Fotos: divulgação
Em homenagem à vida e obra de Irmã Dulce, falecida há 25 anos, os estudantes do Centro Educacional Santo Antônio, em Simões Filho, que funciona em parceria com as Obras Assistenciais Irmã Dulce (OSID), participaram, na última semana, de uma gincana, com a temática “Os Valores Universais”. Através de provas que exercitavam aspectos como honestidade, cooperação, coragem, respeito e amor, aproximadamente 500 alunos mobilizaram familiares e a comunidade escolar em torno dos ensinamentos da “Mãe dos Pobres”. A atividade também teve a participação do Núcleo de Arte e Educação da unidade escolar, que realizou apresentações de dança e teatro, além de intervenções de grafite.
.
A professora Silvia Cerqueira destacou a importância de desenvolver um projeto na unidade que incentive valores éticos e sociais na formação dos estudantes. “Todos os anos a escola trabalha com um tema que tem o objetivo de motivar os alunos. Como teríamos os 25 anos de falecimento de Irmã Dulce, decidimos realizar este trabalho inspirado da vida dela. Cada turma ficou com um “valor” e desenvolveu ações em que destacassem esse aspecto, por meio de cartazes, pinturas, artesanato, coreografias e composições”, explicou.
O estudante do 7º ano do Ensino Fundamental II, Alexandre Cauã, 13 anos, contou como contribuiu para promover o tema “Gratidão”. “Com todos juntos criamos uma paródia para apresentar este sentimento tão especial. Também participamos de algumas provas, como a confecção de roupas com materiais recicláveis e composições musicais”, relatou.
Para sua colega do 3º ano do Ensino Fundamental I, Adriele Pinheiro, 9, muito mais do que a competição da gincana está o aprendizado. “Acho que todos ganhamos participando desta gincana, porque aprendemos e praticamos este tema, nos tornando pessoas melhores. Também podemos realizar uma integração maior dos colegas e professores, o que torna o ambiente muito bacana para se estudar”, ressaltou.