Rui e Pinheiro autorizam construção de nova escola no distrito de Monte Gordo

quarta-feira, 31 janeiro, 2018

Foto: Manu Dias / Secom Bahia

 

O governador Rui Costa e o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, assinaram nesta quarta-feira (31), em Camaçari (RMS), a autorização para a construção de uma nova unidade para os estudantes do Colégio Estadual de Monte Gordo, localizado no distrito de mesmo nome. Com investimento de R$ 3 milhões, a nova sede vai contar com oito salas de aula, biblioteca, auditório, cozinha e refeitório, quadra poliesportiva, laboratório de ciências e informática, vestiário, ambientes administrativos e estacionamento.

Segundo Pinheiro essa ação marca o início de um conjunto de obras que o Governo estará promovendo para os moradores de Camaçari. “Além de Monte Gordo, já estamos em processo para autorização de novas unidades em Arembepe e Barra do Pojuca, sendo que essas escolas já experimentam em 2018 a oferta de cursos de nível técnico. Também, em uma parceria entre a Secretaria, o Cimatec e o Sistema S, vamos ofertar cursos técnicos de energia eólica e solar, por meio do Cimatec Industrial, em Camaçari, além das implantações do Complexo Integrado, juntamente com a Universidade Estadual da Bahia e Universidade Federal da Bahia (UFBA), e do projeto Escolas Culturais. Todas essas ações fazem parte da mudança na qualificação do perfil da oferta na Educação e melhoria em sua estrutura física”, destacou.

A diretora Lícia Carvalho, do Colégio Estadual de Monte Gordo, falou da importância da nova unidade para os alunos da localidade. “Essa nova sede vai proporcionar um maior desenvolvimento dos estudantes e valorização do espaço de aprendizagem. Com uma escola agora repleta de atrativos como quadra poliesportiva, biblioteca e auditório, esperamos estimular ainda mais nossos 900 estudantes sobre a importância da educação no crescimento pessoal e profissional”, ressaltou.
Outras ações – Também em Camaçari, o governador Rui Costa entregou mais um posto Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).Rui ainda oficializou a entrega da duplicação do trecho entre a BA-535 e o entroncamento com a BA-099, que faz parte da BA-531. Nas obras, foram aplicados cerca de R$ 8,3 milhões, beneficiando uma população de mais de 610 mil pessoas de Camaçari e dos vizinhos Simões Filho e Lauro de Freitas.
Ainda no campo de infraestrutura viária, foi oficialmente inaugurada a pavimentação de cinco vias dentro do Polo Petroquímico de Camaçari. As intervenções contaram com investimentos de aproximadamente R$ 7,5 milhões. Foi autorizado, ainda, o início das obras da via Henry Ford (2,83 quilômetros) e do trecho que liga o Cobre a Alças (4,3 quilômetros). Juntos, os montantes aplicados ultrapassarão os R$ 10 milhões. Para finalizar, foi assinada a ordem de serviço que vai permitir a construção de uma escola, com oito salas de aula, no distrito camaçariense de Monte Gordo.
O governador também participou da inauguração do Fórum Clemente Mariani. A solenidade se configurou como último ato público da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA), que passa o bastão para o desembargador Gesivaldo Britto, a partir desta quinta-feira (1º).

Datafolha: Lula lidera pesquisas para presidente em todos os cenários 

quarta-feira, 31 janeiro, 2018

Percentual de intenção de voto para ex-presidente varia de 34% a 37%. Bolsonaro segue em 2º

O Instituto Datafolha divulgou pesquisa nesta quarta-feira (31) sobre intenções de voto para o primeiro turno da disputa para a Presidência da República neste ano. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece em primeiro em todos os cenários em que ele está incluído. Lula também aparece em primeiro nas simulações de segundo turno.

A pesquisa foi feita na segunda e terça-feiras (29 e 30) com 2.826 eleitores, após o resultado do julgamento do recurso de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que confirmou sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, aumentando a pena para 12 anos e um mês de prisão.

Percentual de intenção de voto para Lula varia de 34% a 37%
Percentual de intenção de voto para Lula varia de 34% a 37%

Veja os resultados (a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos):

Cenário 1 (Sem Marina Silva, João Doria, Henrique Meirelles e Luciano Huck):

Lula (PT): 37%

Jair Bolsonaro (PSC): 16%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Joaquim Barbosa (sem partido): 5%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 17%

Não sabe: 3%

Cenário 2 (Sem Marina Silva, João Doria, Luciano Huck e Joaquim Barbosa)

Lula (PT): 36%

Jair Bolsonaro (PSC): 18%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 2%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 19%

Não sabe: 3%

Cenário 3 (Com Marina Silva e Luciano Huck, sem João Doria e Joaquim Barbosa)

Lula (PT): 34%

Jair Bolsonaro (PSC): 16%

Marina Silva (Rede): 8%

Luciano Huck (sem partido): 6%

Geraldo Alckmin (PSDB): 6%

Ciro Gomes (PDT): 6%

Alvaro Dias (Podemos): 3%

Fernando Collor de Mello (PTC): 1%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 14%

Não sabe: 2%

Cenário 4 (Sem Geraldo Alckmin/PSDB, com João Doria/PSDB, e sem Henrique Meirelles/PSD, Joaquim Barbosa e Luciano Huck)

Lula (PT): 35%

Jair Bolsonaro (PSC): 17%

Marina Silva (REDE): 10%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

João Doria (PSDB): 4%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D’Ávila (PCdo B): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0

Em branco/nulo/nenhum: 16%

Não sabe: 2%

 

CIRO GOMES é o principal beneficiado se Lula não for candidato

 

Cenário 5 (Sem Lula/PT, Marina Silva/Rede, João Doria/PSDB, Luciano Huck e Henrique Meirelles/PSD)

Jair Bolsonaro (PSC): 19%

Ciro Gomes (PDT): 12%

Geraldo Alckmin (PSDB): 11%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

Joaquim Barbosa (Sem partido): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 3%

Jaques Wagner (PT): 2%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 1%

Em branco/nulo/nenhum: 31%

Não sabe: 4%

Cenário 6 (Sem Lula/PT, Marina Silva/Rede, João Doria/PSDB, Joaquim Barbosa e Luciano Huck)

Jair Bolsonaro (PSC): 20%

Ciro Gomes (PDT): 13%

Geraldo Alckmin (PSDB): 11%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 3%

Henrique Meirelles (PSD): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 1%

Em branco/nulo/nenhum: 32%

Não sabe: 4%

Cenário 7 (Sem Lula/PT, João Doria/PSDB e Joaquim Barbosa, com Marina Silva/REDE)

Jair Bolsonaro (PSC): 18%

Marina Silva (REDE): 13%

Ciro Gomes (PDT): 10%

Luciano Huck (Sem partido): 8%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Alvaro Dias (Podemos): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0%

Em branco/nulo/nenhum: 24%

Não sabe: 4%

Cenário 8 (Sem Geraldo Alckmin/PSDB, Lula/PT, Henrique Meirelles/PSD, Luciano Huck e Joaquim Barbosa)

Jair Bolsonaro (PSC): 20%

Marina Silva (REDE): 16%

Ciro Gomes (PDT): 12%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

João Doria (PSDB): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0

Em branco/nulo/nenhum: 28%

Não sabe: 4%


Estudante da rede estadual é aprovado em primeiro lugar em Direito na UFBA

quarta-feira, 31 janeiro, 2018

O estudante Livio Pereira Rodrigues Trindade, 18 anos, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Anísio Teixeira, em Salvador, foi aprovado em primeiro lugar no curso de Direito da Universidade Federal da Bahia, a partir da sua pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Livio, que fez 920 pontos na redação e 730 pontos na prova de matemática, destaca que seu desempenho foi fruto de muitos estudos, dedicação e do apoio de professores e de seus pais. Ele também foi aprovado em 9º lugar no curso de Direito da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).
“Sou estudante de escola pública e fiz o Ensino Médio no curso técnico em Segurança do Trabalho. Tive alguns professores fundamentais, como Antero Paulo Fernandes e Eclésio Farias de Marcedo, das disciplinas técnicas do curso. Antero chegou a me dar material de estudo de física e matemática. O CEEP Anísio Teixeira também teve um papel fundamental na minha escolha, uma vez que quando fiz o curso técnico tive acesso ao conteúdo de Normas Regulamentadoras, que abriu meus olhos para o curso de Direito. Minha mãe, Cristina Pereira, me auxiliou bastante nos estudos, em casa, chegando a organizar o meu ‘cantinho do guerreiro’, que é meu local de estudos, e sempre me levava lanches enquanto eu estudava, até tarde da noite. Ela e meu pai, Antônio Carlos, me deram todo o apoio e sem eles eu não conseguiria nada”, disse Livio.
Livio também deixa um incentivo para os estudantes da rede estadual: “Um guerreiro nunca desiste dos seus sonhos, por mais difícil que seja o caminho, a gente alcança. Eu não sou gênio. Estudei bastante e tudo que consegui foi com muito esforço e dedicação. Se você é aluno de escola pública e deseja ter resultado parecido, você só precisa de fé, dedicação e muita paciência”.
A diretora do CEEP, Verônica Lisboa Ramos, relata com orgulho o desempenho do estudante. “Para mim, que fui aluna de escola pública, só aumenta o compromisso de fazer uma educação de qualidade mesmo, porque nossos jovens são capazes. Está aí a prova: um aluno de escola pública, negro, chegando ao topo. O pai dele veio aqui agradecer à instituição, reconhecendo que foi o ensino de qualidade que ele teve, da escola, que o fez chegar aonde chegou”.
O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, destaca que o desempenho do estudante é um estímulo para os demais alunos da rede estadual. “Ser aprovado em primeiro lugar num curso com uma forte concorrência, como é o curso de Direito da UFBA, é um grande motivo a ser comemorado. Este resultado comprova que com empenho, dedicação e acesso à educação de qualidade, todos podem alcançar bons resultados no ingresso ao Ensino Superior”.