Vereador visita o Instituto Anísio Teixeira-IAT e discute parcerias

sexta-feira, 23 fevereiro, 2018

O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) esteve no Instituto Anísio Teixeira – IAT na manhã desta sexta-feira (23) para uma visita de cortesia à atual direção. Na oportunidade, o decano na Câmara Municipal de Salvador trocou ideias com o diretor Desiderio Bispo de Melo e assessores, colocando-se à disposição para possíveis parcerias.

O diretor Desiderio Melo aproveitou para apresentar os principais produtos e ações do IAT, além de destacar o projeto de comemoração dos 35 anos do órgão, que acontecerá no inicio de junho deste ano. Atento à importância do evento, Odiosvaldo prometeu marcar uma sessão especial na Câmara Municipal para homenagear o Instituto Anísio Teixeira e destacar mais um aniversário deste órgão tão importante para educação da Bahia.

Incentivador das manifestações de cultura popular no município de Salvador, o vereador também falou sobre a sua preocupação com a proposta cultural do IAT. “São muito importantes e precisamos fazer essas parcerias para que manifestações como a capoeira e o samba de roda sejam difundidas e discutidas cada vez mais”, pontuou Vigas.

“Muito importante essa disposição do vereador Odiosvaldo em ajudar o IAT e abrindo espaço para uma sessão especial na Câmara Municipal, além da sua preocupação sobre as ações nas áreas de educação e cultura. No que for possível uma parceria, nós estaremos à disposição”, disse o diretor Desiderio Melo.

Durante o encontro foi discutida também a atual conjuntura politica nacional e local, com o vereador sinalizando que pode disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa.

http://www.interiordabahia.com.br


Concurso público para professor e coordenador pedagógico da rede estadual será realizado domingo

sexta-feira, 23 fevereiro, 2018

As provas do concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino serão aplicadas, neste domingo (25). Um total de 103,5 mil candidatos foram inscritos para as 3.760 vagas ofertadas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. A avaliação do domingo será realizada em duas etapas (objetiva e discursiva) e terá duração de 4h30, para professores, e de 3h30, para coordenador pedagógico.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destaca que o objetivo principal do concurso é fortalecer a Educação pública na Bahia. “Realizar este concurso foi um desafio assumido pelo governador Rui Costa, mesmo em um cenário econômico nacional ruim. Com isso, vamos fortalecer o eixo pedagógico com coordenadores pedagógicos em todas as escolas e ampliar o quadro de professores efetivos, promovendo, inclusive, esta renovação na rede, uma vez que estamos concedendo muitos pedidos de aposentadoria”, diz.
O concurso público está sendo realizado conjuntamente pelas Secretarias da Educação e da Administração (SAEB).  As provas serão aplicadas nas cidades de Salvador, Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista, conforme opção indicada pelo candidato na inscrição.
Somente será admitido à sala de provas o candidato que estiver devidamente portando documento de identidade original, que legalmente o identifique, como: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por órgãos públicos ou conselhos de classe que, por força de Lei Federal, valham como documento de identidade.
Etapas – O concurso contará com três etapas: provas objetivas, discursiva (ambas no dia 25 de fevereiro) e de títulos (com previsão para abril de 2018). As vagas para professor são nas áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia, sendo exigida formação específica e diploma concedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para coordenador pedagógico é exigida formação em Pedagogia, também com reconhecimento do MEC. Em todos os casos, a carga horária semanal é de 40 horas.

CATE 2 inicia atividades on-line na segunda-feira, dia 26 de fevereiro

sexta-feira, 23 fevereiro, 2018

Cerca de dois mil professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual irão iniciar, nesta segunda-feira (26/02), a disciplina I do Módulo I do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologias Educacionais – Segunda Edição (CATE 2). O curso está sendo ofertado na modalidade à distância, no ambiente virtual da Universidade do Estado da Bahia – Uneb (www.avate.uneb.br).

 

Com carga horária de 180 horas, o curso objetiva atender à demanda de formação continuada dos profissionais da educação básica da Rede Pública de Ensino do Estado da Bahia, com foco na apropriação e efetiva utilização das tecnologias da informação e da comunicação aplicadas ao contexto escolar e ao processo de ensino e aprendizagem nas diversas áreas do conhecimento.

 

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) exercem papel cada vez mais importante na forma de nos comunicarmos, construirmos e difundirmos conhecimentos, reaprendendo continuamente, ao tempo em que a sociedade pós-moderna tem sido marcada pelos avanços na comunicação, na informática e suas linguagens e por outras tantas transformações científicas e tecnológicas. Essas transformações refletem e impactam nas diversas esferas da sociedade, provocando mudanças na sua dinâmica econômica, social, política, cultural e educacional.

 

Dessa forma, as TIC podem contribuir, entre outras coisas, para o desenvolvimento profissional de professores, a reorganização das situações de aprendizagem, a dinamização das práticas pedagógicas na escola, a qualidade do ensino e o aprendizado, bem como a melhoria da gestão dos processos educacionais, com vistas a promover a atualização e o aperfeiçoamento dos profissionais da educação.

Fonte: IAT