Diretoria do IAT se reúne com o secretário de Administração- BA

segunda-feira, 26 fevereiro, 2018

A direção do Instituto Anísio Teixeira (IAT) promoveu nesta segunda-feira (26/02) mais uma ação para tratar de assuntos relacionados à comemoração dos 35 anos do órgão.

Os diretores Desiderio Bispo de Melo e Danilo Baqueiro estiveram na Secretária da Administração do Estado, onde foram recebidos pelo secretário Edelvino Góes.

Na reunião, os diretores aproveitaram para estreitar as relações entre os dois órgãos e discutir sobre o concurso de professores e coordenadores pedagógicos que aconteceu no último final de semana. O diretor Desiderio Melo destacou a importância do acolhimento aos novos professores. O secretário Edelvino Goes percebeu no destaque uma oportunidade: “você me deu um ótimo gancho Desiderio: vamos marcar um GT entre as nossas equipes para formatar as atividades que farão parte dos eventos de acolhimento desses novos educadores servidores”. Falou o secretário.

Na oportunidade, os representantes do IAT também prestaram conta do ano de 2017, referente às ações realizadas pela diretoria, e também fizeram um convite ao secretário Edelvino Góes para participar das comemorações dos 35 anos de fundação do Instituto.

http://www.interiordabahia.com.br


Concurso da Educação terá resultados parciais antes da prova de títulos

segunda-feira, 26 fevereiro, 2018

A Fundação Carlos Chagas, responsável pela aplicação do concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, deverá divulgar, no dia 24 de março, o resultado provisório dos aprovados na prova objetiva. No dia 13 de abril, deverão ser divulgados os resultados final da prova objetiva e provisório da prova discursiva. Os aprovados nestas duas etapas serão convocados, via edital, a ser publicado no mesmo dia, no Diário Oficial do Estado, para a prova de títulos. O resultado final está programado para o dia 12 de junho.
Mais de 91 mil educadores realizaram as provas do concurso, aplicadas neste domingo (25/02), o que corresponde a 88% do total de inscritos. A avaliação aconteceu em 28 municípios da Bahia, abrangendo todos os Territórios de Identidade. Ainda nesta segunda-feira (26/02), a Fundação Carlos Chagas, responsável pela realização das provas, divulgará, a partir das 17h, o gabarito oficial no site www.fcc.org.br.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fez um balanço sobre a realização das provas. “Considero um bom resultado, sem intercorrências, além de um bom nível de presença dos candidatos, com abstenção inferior a 12%. A expectativa é fortalecer o eixo pedagógico das escolas, com o provimento de mais 3.760 educadores para o quadro do magistério estadual, sendo 3.096 professores e 664 coordenadores pedagógicos”, afirmou.

PF abre Operação Cartão Vermelho contra superfaturamento do estádio Arena Fonte Nova

segunda-feira, 26 fevereiro, 2018
Jornal do Brasil

Em nota, a PF informou que “dentre as irregularidades já evidenciadas no inquérito policial estão fraude a licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro”.

“Conforme apurado durante as investigações, a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações – FNP, formado pelas empresas Odebrecht e OAS”, afirma a PF.

Investigação apura irregularidades na contratação de demolição, reconstrução e gestão do estádio
Investigação apura irregularidades na contratação de demolição, reconstrução e gestão do estádio

A obra, segundo laudo pericial, foi superfaturada em valores que, corrigidos, podem chegar a mais de R$ 450 milhões, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais.

Os mandados – expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – estão sendo cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos no esquema criminoso, e têm por objetivo possibilitar a localização e a apreensão de provas complementares dos desvios nas contratações públicas, do pagamento de propinas e da lavagem de dinheiro.

Fonte: Estadão Conteúdo


Educadores de toda a Bahia realizaram as provas do concurso público da rede estadual de ensino

segunda-feira, 26 fevereiro, 2018

 Educadores de toda a Bahia realizaram neste domingo (25/02) as provas objetiva e discursiva do concurso público destinado para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino. O objetivo é preencher 3.760 vagas, sendo 3.096 para o primeiro e 664 para para o segundo, respectivamente, como parte das ações do Governo Estadual em fortalecer o eixo pedagógico nas escolas e valorização dos profissionais da educação. O concurso ainda contará com uma etapa para avaliação de títulos (com previsão para abril de 2018).
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, falou da iniciativa de promover um concurso desta abrangência. “Esse era um objetivo da gestão estadual já que definimos como o alicerce para a transformação da educação pública um novo eixo pedagógico que valorizasse, além do conteúdo, os agentes presentes na escola. E o educador é uma parte fundamental para que tenhamos sucesso neste novo caminho. Com um coordenador pedagógico em cada escola e professores produzindo uma pedagogia de aprendizagem que interaja com as particularidades de cada região, acreditamos que os estudantes passarão para um outro nível de conhecimento, onde a escola não vai apenas prepará-los para a formação profissional, mas também para a vida”, destacou.
Fotos: Suâmi Dias Ascom/Educação
Segundo o superintendente de Recursos Humanos, Adriano Tambone, da Secretaria da Administração do Estado, a realização do concurso simbolizou um marco para a educação do estado. “Esse concurso tem uma característica importante, porque é o primeiro concurso dos últimos anos que já é realizado para carga horária de 40h. Então acho que essa foi uma diretriz importante do governador Rui Costa, até na perspectiva de ter o professor mais integrado à escola. E percebemos, com mais de 103 mil inscritos, que essa foi uma iniciativa acertada, junto com a ideia de promover um coordenador pedagógico por escola. Então esperamos, após todo os processos de avaliação, que a partir do segundo semestre, esse pessoal já comece a entrar em atividade”, ressaltou.
Na perpectiva por uma vaga de coordenadora pedagógica, Tereza Cristina Chagas, 46 anos, falou da expectativa de ingressar no quadro de educadores da rede estadual. “É um sonho poder ter essa oportunidade, porque sempre quis trabalhar com ensino e atualmente estou me formando em pedagogia. Espero poder passar no concurso para exercer o melhor trabalho possível, pois sei que vou ter a tranquilidade para atuar tendo um trabalho estável”, afirmou.
Já Joseni Araújo, 51 anos, que atua como professora pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), na educação municipal, parabenizou o estado pela inciativa de colocar um coordenador pedagógico em cada escola. “Cada profissional tem sua função e especialidade e o coordenador pedagógico é fundamental para a organização do ensino aprendizagem nas escolas. Existe muita gente experiente, e eu me incluo, que poderia ajudar ainda mais na melhoria da educação atuando nas escolas. Então considero acertada a decisão e espero estar dentro desta nova equipe escolar”, salientou.