PDT-BA: Professor Desiderio discute candidatura ao Senado com o deputado Félix Jr e o secretário Vitor Bonfim

segunda-feira, 26 março, 2018

 

O professor Desiderio Bispo de Melo (PDT) se reuniu na manhã desta segunda-feira (26) com o deputado federal Félix Mendonça Jr, presidente do PDT na Bahia, para agradecer pela indicação e apoio à sua gestão na direção geral do Instituto Anísio Teixeira-IAT. Na oportunidade, Desidério confirmou a sua pré-candidatura ao Senado pela legenda, razão pela qual deve deixar o cargo no proximo dia 02 de abril.

Professor Desiderio disse a Felix Jr. que sua pré-candidatura ao Senado não era contra  ninguém. “Na verdade, ela representa e defende as principais bandeiras do PDT, colocando o trabalhismo na defesa do avanço na área de educação, da igualdade de direitos para todos e privilégios só para as crianças”, destacou.

Contudo, Desidério reafirmou o seu apoio à candidatura de Félix à Câmara Federal. “O senhor continua sendo o nosso líder e candidato à reeleição, mas teremos um candidato a deputado estadual, que vamos escolher no decorrer do processo. Mas, nesse momento, é imperativo que todo o esforço seja feito para garantir ao nosso candidato Ciro Gomes um palanque na Bahia”, reforçou.

O deputado Felix Júnior parabenizou a iniciativa Professor Desiderio de colocar o nome à disposição para a disputa na majoritária. “É para senador, mais apoiariamos até se fosse para governador”, disse o deputado, cocordando com a iniciativa.

No encontro, que aconteceu no escritório do parlamentar, ficou marcada uma nova reunião, quando será definido o substituto do professor Desisério no comando do Insituto Anisio Teixeira.

Secretário da Agricultura

Depois de conversar com o deputado Félix Junior, na parte da tarde o Professor Desiderio esteve na Secretaria de Agricultura do Estado (SEAGRI), onde foi recebido pelo titular da pasta o deputado estadual licenciado Vitor Bonfim. Na reunião foi entregue um Kit e um DVD com a prestação de contas e as atividaes realizidas pelo IAT durante a gestão do Professor, que agradeceu o apoio do deputado desde a sua indicação para o cargo.

Assim como foi dito ao deputado Felix Júnior, as razões alegadas pelo Professor Desiderio a Bonfim foi a necesidade de se afastar para viabilizar a sua pré-candidatura ao Senado pela Bahia.

O secretário Vitor Bonfim gostou da iniciativa. “Das outras vezes, o PDT fez esse trabalho, mas não conseguiu chegar onde queríamos, que era o Senado. Sempre defendi a participação do PDT na majoritária, mas não tínhamos um nome. Agora temos o seu, e pode ter certeza que vamos defender publicamente”, disse o secretário.

Nos dois encontros, Desiderio esteve acompanhado por Alderico Sena e Danilo Baqueiro (do IAT) e Aldo Queiroz (Presidente do Diretório do PDT em Salvador). Na próxima quarta-feira (28), ele conclui a segunda fase de conversas sobre a sua pré-candidatura ao Senado com os deputados Roberto Carlos e Euclides Fernandes.

Da redação


Estado divulga resultado provisório da 1ª etapa do concurso público para professor e coordenador pedagógico

segunda-feira, 26 março, 2018

O Governo do Estado divulgou, no Diário Oficial deste sábado (24), o resultado provisório da 1ª Etapa do concurso público para contratação de professores e coordenadores pedagógicos, da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Dos 103.592 inscritos, 41.404 foram habilitados – sendo 195 candidatos com deficiência e 11.977 declarados negros. Os habilitados concorrerão entre si, nas etapas subsequentes, para ingresso em uma das 3.096 vagas de professor e 664 de coordenador pedagógico.
Realizado conjuntamente pelas secretarias da Administração (Saeb) e da Educação, o certame ocorreu no dia 25 de fevereiro, em todo o estado. No dia 13 de abril, deverão ser divulgados os resultados final da prova objetiva e provisório da prova discursiva. Os aprovados nestas duas etapas serão convocados, via edital, a ser publicado no mesmo dia, no Diário Oficial do Estado, para a prova de títulos. O resultado final está programado para o dia 12 de junho.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destaca que o objetivo principal do concurso é fortalecer a Educação pública na Bahia. “Realizar este concurso foi um desafio assumido pelo governador Rui Costa, mesmo em um cenário econômico nacional ruim. Com isso, vamos fortalecer o eixo pedagógico com coordenadores pedagógicos em todas as escolas e ampliar o quadro de professores efetivos, promovendo, inclusive, esta renovação na rede, uma vez que estamos concedendo muitos pedidos de aposentadoria”, diz.
Mais de 91 mil educadores realizaram as provas do concurso, aplicadas no dia 25 de fevereiro, o que corresponde a 88% do total de inscritos. A avaliação aconteceu em 28 municípios da Bahia, abrangendo todos os Territórios de Identidade.
As vagas para professor são nas áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia, sendo exigida formação específica e diploma concedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para coordenador pedagógico é exigida formação em Pedagogia, também com reconhecimento do MEC. Em todos os casos, a carga horária semanal é de 40 horas.