CBPM lança cartilha de oportunidades traduzida em inglês e mandarim em MG

CBPM lança cartilha de oportunidades traduzida em inglês e mandarim em MG

Foto: Divulgação / CBPM

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM divulgou a cartilha: Minérios, a Bahia tem, que vai ser levada para Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (Exposibram) 2019, que ocorre de 9 a 12 de setembro em Minas Gerais. Com versões em português, inglês e mandarim, a cartilha apresenta a potenciais investidores itens como a diversidade mineral da Bahia, infraestrutura logística e as principais empresas de mineração já instaladas no estado.

 

A diversidade mineral é o primeiro destaque da cartilha. Ela aponta que ouro e cobre são apenas dois dos 42 elementos já encontrados no estado, líder nacional em exploração de bentonita, barita, cromo, talco, urânio e vanádio. Desenvolvido em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), o livreto mostra também que a Bahia é o estado brasileiro mais bem estudado geologicamente.

 

Nas páginas dedicadas a logística, o estado é listado como possuidor da segunda maior malha rodoviária do país, do terceiro maior sistema de aeroportos regionais e de um conjunto de ferrovias que em breve ganhará o reforço da Fiol (Ferrovia Oeste-Leste). A linha férrea será fundamental para o escoamento de minério de ferro através do Porto Sul.

 

Voltada para a atração de investidores nacionais e internacionais, a cartilha possui versões em português/inglês e português/mandarim.

Bahia Noticias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.