Comandante-geral diz que não registrou falta de PMs e acusa Prisco de transmitir ‘fake news’

Ele também afirma que a Polícia Militar vai punir com rigor os ataques que acontecem em decorrência da falsa informação de greve

[Comandante-geral diz que não registrou falta de PMs e acusa Prisco de transmitir 'fake news']
Foto : Alexandre Galvão/ Metropress

Por Juliana Almirante

O  comandante-geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA),  coronel Anselmo Brandão, afirmou hoje (9), em entrevista à Rádio Metrópole, que não registrou nenhuma falta na corporação.

O coordenador-geral da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra/Bahia), o deputado estadual Soldado Prisco, havia afirmado, na tarde de ontem (8), que a categoria parou, mas o governo estadual nega desde então.

“Nesses dias, de ontem para hoje, asseguro à sociedade baiana nesse momento, nossa tropa está nas ruas. Não houve uma falta de serviço. Troquei o turno agora pela manhã e não teve uma falta de serviço”, declarou.

O comandante-geral também disse que o deputado é autor da disseminação de áudios e notícias falsas nas redes sociais.

“Infelizmente a gente só tem a lamentar e coloco a responsabilidade, temos que colocar, junto com a imprensa, na pessoa desse deputado. Porque ontem uma loja foi saqueada na Liberdade, de uma pessoa que vendia sandálias, está hoje com prejuízo, graças às ações que ele tem fomentado, transmitindo fake news para a sociedade e causando esse terror”, afirmou o coronel.

De acordo com Anselmo Brandão, a PM e o governo já ofereceram 18 mil promoções aos policiais, no período de quatro anos e oito meses. Além disso, também avança em relação a uma pauta antiga da categoria, a progressão da carreira.

“Ou seja, é diminuir o tempo dos policiais nos postos. É uma coisa que já está sendo feita e ele (governador Rui Costa) já se reuniu duas vezes conosco. Ontem ele me disse que vamos continuar nos reunindo, inclusive com a participação das associações, para a gente discutir essa pauta antiga, que ele está buscando isso, em decorrência da situação fiscal do estado, de recursos”, explicou o comandante-geral.

Brandão também afirma que a Polícia Militar vai punir com rigor os ataques que acontecem em decorrência da falsa informação de greve.

“Estamos reforçando com nossas tropas especializadas, justamente para mostrar para a sociedade e evitar esses oportunistas. Vamos reforçar com Graer, com Bope, com Choque e jogar duro. Não vamos aceitar vandalismo, invasão de lojas e arrastões. Quem for pego, nós vamos colocar na cadeia. Não vamos permitir arruaça que vimos no passado e as pessoas acharam que era normal”, disse.

Metro 1

“Será um prazer recebê-lo”, diz Ciro Gomes sobre ida de Léo Prates ao PDT

Ciro Gomes recebeu Léo Prates em visita ao Ceará - Foto: Nelson Almeida | AFP

Raul Aguilar | Foto: Nelson Almeida | AF

O ex-governador do Ceará e candidato à Presidência da República em 2018, Ciro Gomes (PDT), afirmou, durante entrevista no Programa ‘Isso é Bahia’, do Jornal A TARDE FM, nesta quarta-feira, 9, que será um prazer receber o deputado estadual licenciado e atual secretário de Saúde de Salvador, Léo Prates (DEM), no partido.

“Tive honra e prazer de recebê-lo (Léo Prates) para uma visita no Ceará. Ele veio como secretário de Saúde para conhecer experiências em nosso estado. Estamos conversamos sobre a situação da Bahia. Como todos sabem, ele (Léo Prates) é ligado ao ACM Neto (DEM), que é meu amigo. Se ele decidir mudar de partido, será um prazer muito grande em recebê-lo”, afirmou Ciro.

A tarde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.